Dicas de cuidados com o carro por dentro e por fora

Dicas para cuidar do carro

Ter um carro exige muitos cuidados com manutenção. E ao contrário do que muitas pessoas pensam, não é chato e trabalhoso, mas sim necessário para poder sair com o veículo em segurança e prolongar a vida útil dele. E para te ajudar a cuidar ainda mais do seu carro, trouxemos algumas dicas de cuidados com o carro por dentro e por fora.

Cuidados internos com o veículo

Quando falamos de cuidados internos no carro estamos indo muito além de apenas uma limpeza constante. A limpeza garante mais bem-estar aos passageiros, mas é a manutenção e conservação que vão preservar o veículo por mais tempo. Então se você está pensando em comprar um carro usado, confira alguns dos principais pontos para prestar atenção dentro do carro:

  • Bancos e tapetes: como comentamos acima, não é só a limpeza que é necessária. Os bancos, por exemplo, precisam ser hidratados com frequência. Se o material é de couro sintético, o indicado é a hidratação seja feita trimestralmente. Agora se for couro animal o ideal é uma vez por ano. Se os bancos forem tecido devem ser aspirados com frequência. Já em relação aos tapetes é necessário lavar com água e sabão se for de borracha e se for de carpete recomenda-se usar uma escovinha úmida.
  • Conservação do painel: o painel não está ali de enfeite. Além de trazer aos motoristas marcações importantes em relação ao carro, ele também é a primeira visão de qualquer pessoa que entrar no seu veículo. Para esta peça em específico, a dica é realizar a limpeza com silicone ou mesmo com um pano úmido e macio nas partes de plástico para não arranhar.
  • Sistemas: quando foi a última vez que você checou os níveis de água e óleo? Ou quando foi verificar o radiador? Estes foram alguns exemplos de cuidados que fazem toda a diferença na hora de dirigir. E embora pareçam bobeira, se não estiverem da maneira correta, podem comprometer o bom funcionamento do carro, assim como a segurança do motorista e dos passageiros. Realize a vistoria regularmente com seu profissional de confiança e fique tranquilo.

Cuidados externos com o veículo

Cuidados externos com o veículo

Todos os veículos precisam de cuidados internos e externos. Agora que você já conheceu um pouco dos pontos que devem ser observados no interior, vamos acompanhar as dicas para cuidar da parte de fora do seu carro:

  • Vidros e limpadores: os vidros do carro são extremamente sensíveis e podem riscar com facilidade. Para evitar surpresas e ter gastos extras, a melhor opção é ficar de olho no estado dos limpadores de para-brisas. Com o tempo, a borracha pode ressecar e causar riscos na superfície do vidro.
  • Lavagem externa: do mesmo jeito que precisamos deixar o carro secar após uma lavagem interna, também devemos cuidar da secagem externa. Isso porque, se o carro ficar com gotas e secar ao sol, várias manchas podem surgir na pintura. A maneira correta é usar panos e deixá-lo secando à sombra.
  • Alinhamento e balanceamento: com a rotina do dia a dia e as idas e vindas com carro, passamos por muitos buracos e ruas desniveladas. Isso pode fazer com que o seu carro fique desalinhado e cause problemas ao motorista e passageiros. A dica é realizar o alinhamento e balanceamento em média a cada 10 mil quilômetros rodados. Em caso de dúvidas, converse com o seu mecânico.
  • Pintura externa: imagina você ter um carro super bonito, conservado e com a manutenção em dia, mas com a pintura externa toda manchada e desgastada. Não adianta nada, não é mesmo? E para fazer a conservação é muito simples. Uma dica é realizar o polimento e enceramento periodicamente. Só vale ressaltar que em excesso esses cuidados podem prejudicar o carro e não ajudar.
  • Pneu: todo mundo sabe que precisa cuidar dos pneus, mas ninguém dá bola realmente. Por isso coloque na rua rotina checar sempre a calibragem, pressão, peso que ele aguenta e ter sempre disponível o estepe, afinal nunca se sabe quando vai precisar.

Todos esses pontos citados acima são essenciais para a manutenção e preservação do carro, e podem ser feitos pelo próprio motorista. Mas além disso, é ideal realizar a vistoria completa anualmente com seu profissional de segurança. Só assim você vai ter a certeza de que está com o veículo em ordem e livre de problemas mais graves relacionados à manutenção.

A importância da documentação veicular

Outro cuidado necessário é com a documentação. É essencial estar em dia com a documentação, taxa de licenciamento (CRLV – Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo), assim como impostos (IPVA – Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) e DPVAT (Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre).

Por isso mantenha todas essas taxas em dia e todas as contas do veículo em ordem para não ter surpresas lá na frente!

 

Deixe um comentário

dezessete + 14 =